Maior demonstração de AMOR:

segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Pra que serve titulo?

Não consigo encontrar palavras na hora de por o titulo, fica muito direto ou limitado, não tem o que dizer pra um ato tão cruel, eu não consigo admitir a sua ida. Tudo que escrevo já é tão obvio. Queria poder me abrir mais ou sofrer menos.

Existe dois tipos de pessoas, as que julgam e as que são julgadas. Particularmente prefiro ser julgada, não estou aqui para julgar ninguem nem um ato, e novamente prefiro ser julgada mas não por pessoas e sim por Deus. É o certo, certo? Creio que sim, pelo menos é o que diz a biblia e muitos livros. Se não tiver no que acreditar na sua vida, como é? não existe. Todos tem um ponto de vista, mesmo que as vezes chegue a ser doentil, sombrio. por mais que a biblia ensine a não sermos julgadores, não consigo parar de julgar quem fez o ato cruel com uma pessoa tão amavel e amigavel de cara. Alguem que merece e vale a pena conhecer realmente. Não durmo a noite, não adinata faça o que fizer eu acordo todos os dias as 3 da manha, isso quando eu durmo, e me questiono, pq? não basta ter perdido o Cristopher, tenho que conviver com isso pelo resto da minha vida? É tão cruel, minha mente tem um relógio própio. Não é justo! Mas olha eu julgando de novo...

Que medo de não ser uma boa mãe, de não fazer coisas de mãe por causa do meu estado em relacão ao Cris, eu sinto raiva de mim as vezes, espero não prejudicar ninguem, cá entre nós! Ser prejudicado é um dos maiores pontos na minha lista, estou cercada de todos os lados possiveis e cade você para me amparar? isso volta no assunto de um post anterior, não tem como não voltar, ele era meu super-homem, meu protetor. Cadê?


Espero um dia desses acordar e dizer que estou feliz. Pois nesse momento muitas pessoas ao me verem sorrindo chorariam comigo. Não tem lógica, como diz Pedro Bial em um de seus textos, morrer é uma piada, mas não tem graça nenhuma.


Mais um dia se passa, e mais um suspiro! UFA eu to viva, mas ele não.
Dois lados para conviver, A alegria de ser mãe e atristeza de ser viuva ao mesmo tempo. O que fazer?

Bom, 11 da manha, curitiba, nada de sol, passarinhos cantando! E eu morrendo de sono! vou dormir, pq é o que eu faço, troco o dia pela noite pra ver se sofro menos. As noites são tão solitárias, mas mesmo assim consigo me lembrar mais de VC amor, tudo me lembra vc, sinto vc, choro por vc, e quero vc toda hora, e como eu disse! Sou completamente apaixonada por VOCÊ. Cristopher, nunca me deixe, por mais longe que esteja, continue, por favor em meus pensamentos! na minha Alma e no meu coração! NÃO me deixe jamais! =)


PS: T.A.M.C.D.A.

2 Comments:

Anônimo said...

Oi..
Passei aqui em seu blog como sempre faço
e depois q leio oq vc escreve sempre oro por vc. Q Deus t dê forças..pq com crtza dói demais essa vazio q sentes.

vc escreve com uma facilidade..q consegue transmitir tudo oq pensa..sente... Tens um coração bom demais. Com ctza será sim uma ótimaaaa mãe :)

Beijos da internauta *Jú

Anônimo said...

Oi Aline,

vc não me conhece .. eu conhecia o Chris.

o ex namorado de 4 anos de uma amiga minha, morreu num acidente de carro, ela tava muito triste, eu contei pra ela a historia do Chris. E mostrei pra ela o blog, vc sem duvida nenhuma é a pessoa mais forte que eu ja ouvi falar. Eu espero que a minha amiga encontre forças, com a força que vc tem!. Eu desejo do fundo do meu coração muita paz pra vc e pra sua filinha. Vc será uma otima mãe!

Beijos.